Av Júlio de Mesquita, 199 Campinas SP | +55 19 3254.1329 - 3253.5865

Remuneração

Profissional Banda Larga

Estamos acompanhando ao longo dos últimos anos a transformação que vem acontecendo com os profissionais. As mudanças organizacionais, a implementação de processos integrados, as novas demandas, o nível de competitividade, os padrões da empregabilidade e as adequações no quadro de funcionários, vêem exigindo das pessoas uma ampliação das suas competências e habilidades, passando a acumular mais atribuições e responsabilidades se comparado com o perfil de alguns anos atrás

Em cada posto de trabalho as atividades eram realizadas dentro de partes de um processo e os profissionais, em geral, não tinham a visão do todo. Apesar de em alguns segmentos e/ou empresas este conceito ainda prevalecer, este cenário está mudando sendo que cargos começam a desaparecer e/ou têm as atribuições redistribuídas para outros cargos ou o foco da função passou a ter outra dimensão, com aumento das responsabilidades.

Como exemplo temos, entre outros: Analista de Controladoria (atuando com escrituração fiscal e/ou contabilidade e/ou custos e/ou ativo fixo e/ou seguros); Analista Financeiro (atuando com contas a pagar e/ou receber e/ou planejamento financeiro e/ou relacionamento com bancos); Analista de Recursos Humanos (atuando com treinamento e desenvolvimento de pessoal e/ou recrutamento e seleção e/ou cargos e salários e/ou benefícios); Analista de Administração de Pessoal (atuando com as rotinas de pessoal e/ou processamento da folha de pagamento e/ou relações trabalhistas); Operador Multifuncional (atuando na preparação e/ou operação de máquinas e equipamentos convencionais e/ou com controle numérico, dentro de células de trabalho e/ou banco de máquinas, sendo responsável pela inspeção intermediária do processo e/ou lubrificação dos equipamentos e/ou TPM); Eletricista de Manutenção/Técnico de Manutenção (atuando com a manutenção preventiva e/ou corretiva e/ou preditiva elétrica e/ou eletrônica e/ou instrumentação); Mecânico de Manutenção/Técnico de Manutenção (atuando com a manutenção preventiva e/ou corretiva e/ou preditiva mecânica em máquinas e/ou equipamentos e/ou operações de solda e/ou operações de máquinas operatrizes e/ou lubrificação de máquinas e equipamentos); Projetista (atuando com desenvolvimento e/ou adaptações em projetos de produtos e ferramental); Comprador (atuando com compra de materiais produtivos e/ou de apoio ao processo e/ou de consumo e/ou realizando follow-up); Almoxarife (atuando com recebimento e/ou conferência e/ou armazenagem e/ou distribuição e/ou movimentação de materiais com a operação de empilhadeira); Recepcionista (atuando na recepção e/ou telefonia); Secretária (atuando com atividades de secretariado e/ou atividades de suporte ao gestor); Gestor de Supply Chain (atuando com a cadeia de compras e/ou logística de recebimento e/ou logística de entrega e/ou logística interna para programação, controle e acompanhamento do processo produtivo, Analista de Logística (atuando na cadeia de fornecimento, ou entrega); Engenheiro de Vendas/Vendedor Técnico (atuando com as atividades comerciais e/ou aplicação dos produtos nos negócios dos clientes); Engenheiro de Telecomunicações (atuando em desenvolvimento de soluções e/ou de sistemas).

Hoje a visão integrada dos processos passa a ser um diferencial competitivo permitindo uma maior liberdade de atuação, sendo que este desafio vem proporcionando oportunidades para o crescimento profissional e fortalecendo a carreira.

Este modelo de gestão pode apresentar, dentro das organizações, diferentes resultados, dependendo do contexto e das ações. Encontramos empresas que estão reconhecendo e valorizando as pessoas, bem como aquelas que estão redefinindo os papéis e não reconhecendo os profissionais dentro do novo desenho do cargo o que poderá contribuir para a falta de comprometimento e o incentivo ao turnover (procura de novo emprego).

O cenário atual e futuro projetam a manutenção do perfil do profissional banda larga. A descrição de cargo deverá contemplar as novas exigências, de uma maneira mais genérica, com ênfase para as novas competências que vão estar presentes em maior ou menor escala dependendo do processo de trabalho.

Este perfil mais polivalente deverá permear uma boa parte do ambiente profissional e vai requerer mais flexibilidade para adaptação à diferentes tarefas. Algumas funções mais específicas e/ou essencialmente técnicas poderão não ser tão exigidas na multifuncionalidade, mas tudo isso vai depender do desenho organizacional.

Entendo que não deve haver motivos para preocupações, pois este movimento vem acontecendo de uma maneira gradativa e afetando mais alguns segmentos /processos de trabalho. Todavia a única certeza é que o processo de mudança continuará acontecendo e temos que nos preparar para o momento que ele surgir para não perdermos a oportunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *