Av. José Bonifácio, 105 Campinas SP | +55 19 3254.1329 - 3253.5865

Sem categoria

A Remuneração e a chegada de 2022

Estamos caminhando para o fechamento do ciclo de 2021, ano que registrou forte impacto nos índices inflacionários e reflexo o ambiente de remuneração.

Além dos reajustes legais, com a aplicação dos reajustes para todos os salários ou com um limite salarial para aplicação,  as movimentações envolvendo turnover, novas contratações, promoções e meritocracia, dependendo do segmento/ramo de atividade das empresas, contribuíram para movimentar o cenário da remuneração. Como exemplo, algumas funções de tecnologia em função do aquecimento de mercado, tiveram que ter uma atenção especial na contratação de novos profissionais e/ou para retenção de pessoas nas empresas.

As informações disponíveis até o momento para o ano de 2022 não fortalecem prognósticos mais eficazes, todavia a percepção é que o mundo corporativo terá que revisitar as suas práticas e políticas, a fim de manter o programa de remuneração mais competitivo.

Competitivo não é “pagar” mais. Competitivo é ter uma estrutura de remuneração mais equilibrada, estruturada e sustentável, onde todos os componentes estejam conectados e alinhados com o propósito da organização.

O planejamento estratégico é um dos atores chave do processo. Conhecendo o plano de negócios a curto e médio prazo, é possível mapear os riscos e oportunidades do programa de remuneração e identificar planos para mitigação dos riscos.

Em geral a expectativa é que: os programas de trilha de carreira tenham os eixos  de crescimento melhor desenhado; a política  de cargos e salários tenha regras mais transparentes  sendo uma ferramenta aplicável pelos líderes e compreendida pelos liderados; os programas de incentivos a curto prazo tenham metas tangíveis e mais direcionadas para o crescimento sustentável dos negócios e os  programas de benefícios, tradicionais ou flexíveis,  estejam aderentes.

Ter informações será um diferencial para as ações a serem tomadas. Em geral a diretoria sempre pergunta, o que o mercado está fazendo?

Por isso a mensagem é que as pessoas envolvidas no processo de remuneração das empresas fiquem atentas, procurando acompanhar o mercado e a realidade interna, para evitar surpresas.

Boas Festas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.