Av Júlio de Mesquita, 199 Campinas SP | +55 19 3254.1329 - 3253.5865

Recursos Humanos

Gestão da Informação

Apesar do empenho das organizações e da tecnologia disponível, a gestão do processo da informação ainda continua sendo o grande desafio para as pessoas.

O “paradoxo” do sistema é de que a informação existe, está disponível em vários formatos e, na maioria das vezes, não é bem administrada pelos envolvidos no processo, chegando atrasada, com ruídos, sem consistência e não atingindo os objetivos esperados.

Em muitas situações encontramos as pessoas com um número significativo de dados, sendo “pressionadas” para buscar mais informações (dados históricos, nível da concorrência, previsões em vários cenários, aplicação de metodologias diferenciadas, preços alternativos, dentre outras) e quando tudo está preparado vem a grande questão, ” o que fazemos agora”?

A chave do sistema está em identificar as reais necessidades envolvendo o processo, buscar e gerar informações de uma maneira adequada e eficaz (equilibrando os aspectos qualitativos e quantitativos), investir, com a equipe, de uma maneira pró-ativa na análise, dimensionamento e ações a serem recomendadas/tomadas e agir, com qualidade, de uma forma preventiva ou corretiva.

Num ambiente organizacional onde a velocidade e qualidade das informações pode significar o sucesso de uma estratégia exige-se a mudança do perfil dos profissionais que têm o compromisso com a gestão da informação.

Estamos vivendo o cenário dos processos globalizados e o grande diferencial das organizações está em estimular as pessoas na produção de idéias focadas para a necessidade e realidade dos negócios e, toda essa massa de informações tem que ser administrada com rapidez e consistência para dar aderência aos processos.

Hoje o tempo e o espaço são meros referenciais do ontem, pois encontramos uma infinidade de alternativas tecnológicas que permite às pessoas agirem rapidamente e globalmente para alcançar os resultados esperados do seu trabalho.

Dentro deste perfil os profissionais precisam se adequar para tornarem-se competitivos dentro de um contexto onde o perfil do trabalho também passa por uma mudança significativa. Com isso algumas competências passam a ser estratégicas, sendo que, visão do negócio e do processo, sensibilidade organizacional, planejamento, organização, ética, comunicação, maximização dos recursos disponíveis e capacidade para fazer as coisas acontecerem no momento certo e de uma forma eficaz, constituem-se em comportamentos administrativos essenciais para que os gestores de processos tenham sucesso na sua carreira profissional.

Procure revisar periodicamente a sua linha de ação. Separe o essencial do urgente, delegue constantemente e implemente um sistema de acompanhamento, procurando orientar e identificar problemas potenciais, visando facilitar a toma de ações no sentido de manter a qualidade do fluxo de informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *